A importância da coleta e reciclagem de tecido

dezembro 18, 2020 1 comentário

Muitas empresas já se preocupam com a reciclagem de tecido e retalhos de sobras de peças que serão comercializadas.

A responsabilidade com o meio ambiente e com a geração de resíduos, está cada vez mais em pauta e se torna uma grande preocupação das empresas. A indústria têxtil é a segunda maior poluente do mundo e é de responsabilidade dos seus geradores cumprirem os processos de coleta e destinação correta dos resíduos.

Quem consome também deve estar atento a essa cadeia produtiva, buscando consumir marcas e empresas que procuram gerar menos impacto ao meio ambiente. Hoje é mais comum identificarmos no mundo da moda, marcas sustentáveis e que nos ajudam a refletir sobre os nossos hábitos de compra.

A chamada moda sustentável se diferencia das demais, se comprometendo com o processo de produção do tecido, que utilizem métodos que minimizem o impacto ambiental.

As empresas devem se preocupar com a destinação das sobras de tecidos.

As empresas devem se preocupar com a destinação das sobras de tecidos.

No Brasil, a indústria da moda gera 175 mil toneladas de resíduos têxteis anualmente, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit)

+ Leia também no nosso Blog: Processos etapas do gerenciamento de resíduos industriais 

Cada vez mais os processos de reciclagem de tecido estão se modernizando – Imagem de referência

É importante ter em mente, que quando é descartado um retalho de tecido, não se está eliminando somente a matéria prima final, e sim água, energia e produtos químicos que foram utilizados em todo o seu processo de fabricação. Para a solução e dar sequência para o ciclo desse produto que necessita descarte, o processo correto é a contratação de empresas especializadas como a Transresind, que fará a análise do resíduo, o transporte e destinação de acordo com a avaliação.

Nos siga no Instagram. Clique aqui!

    1 comentário

Deixe um comentário